AFRODIASPÓRICO

LUAN SODRÉ TRIO


"As existências afrodiaspóricas são diversas. Essa diversidade é fruto do encontro de uma ancestralidade, de uma matriz, com diversas outras influências que constituem e marcam as trajetórias no âmbito da diáspora negra. O projeto Afrodiaspórico materializa de maneira sonora a visão de mundo de Luan Sodré, um músico afrodiaspórico."

Afrodiaspórico é o trabalho de estreia do Luan Sodré Trio. É um trabalho instrumental e dançante. O álbum, lançado em outubro/2021, disponível nas principais plaformas de streaming de áudio e que também ganhou versão audiovisual disponível no Youtube, conta com 10 obras autorais que, a partir do Recôncavo Baiano, dialogam com uma série de tradições, referências musicais e formas de ser, estar, ler e entender o mundo presentes na diáspora negra, no Brasil e na Bahia.

 

Luan Sodré Trio é o encontro de três trajetórias afrodiaspóricas no campo do fazer musical. Agrega as concepções sonoras do violão de Luan Sodré, da bateria de Marcos Santos e do contrabaixo de Alexandre Vieira, formando um trio cujo resultado musical articula uma matriz, uma ancestralidade, que têm o Recôncavo Baiano como grande referência, conectada com diversas influências que marcam essas existências.

 

 

 

 

NA__
__ES
TRA___DA

A estrada, lugar de fluxos e conexões é a morada do Afrodiaspórico. Nossa trajetória teve início em dezembro de 2019 no palco do Teatro Gamboa Nova, em Salvador-Ba. Em fevereiro de 2020, o show foi reapresentado no HiddenSSA. Em dezembro de 2021, estreamos o nosso show autoral e nessa nova temporada nos apresentamos na Varanda do SESI, no Teatro Gamboa e no HiddenSSA. 

Nossos instrumentos continuam afinados para continuar essa trajetória!

no palco

O Afrodiaspórico leva ao palco um show de música instrumental como só ele pode ser.  A partir das musicalidades presentes no universo do Recôncavo Baiano, o trio conecta-se com diversas musicalidades presentes na diáspora negra.  Com seu repertório composto pelas obras autorais apresentadas no álbum e algumas releituras de obras ligadas ao repertório musical afrobrasileiro, o trio apresenta um show energizante que dialoga com o jazz, com os sambas do Recôncavo baiano e sua diáspora. 

 

“AFRODIASPÓRICO CONVIDA AS PESSOAS A PENSAREM O MUNDO A PARTIR DA MÚSICA E DOS SEUS CORPOS.”

 

 Luan Sodré é violonista, compositor, produtor, pesquisador e educador musical. É licenciado em Música pela UFBA, mestre e doutor em Educação Musical pela mesma instituição, além de aprendiz de capoeira na ACANNE. É professor do Departamento de Letras e Artes da UEFS, onde atua no curso de Música. Imerso em experiências negras no contexto da diáspora, é um estudioso do campo da música, cultura e sociedade com foco nas existências e no pensamento afrodiaspórico. Enquanto músico, além de dirigir e integrar o Luan Sodré Trio, integrou a Orquestra de Violões da UFBA e atua como instrumentista na cena musical baiana. Dentre outros trabalhos, em 2018, fez direção musical e gravou violões e cavaquinhos do disco Voa Voa Maria – O samba de Matarandiba. E em 2021 lançou o seu primeiro álbum como artista independente, o Afrodiaspórico do Luan Sodré Trio.

 Marcos Santos é artista e pesquisador. Doutor em Etnomusicologia e mestre em Musicologia Histórica pela UFBA, instituição pela qual também é licenciado em Música. Imerso nas experiências negras, sua atuação busca conectar fundamentos africanos no contexto da diáspora. Tem experiência em projetos educacionais que buscam discutir e refletir os processos culturais no Brasil e na África Central. Tem interesse em propostas interdisciplinares de trabalho, envolvendo as áreas da História, das Filosofias, da Dança e Artes Cênicas. Foi professor temporário na Escola de Dança da UFBA (2017-2019) e, atualmente, está professor temporário na Universidade do Estado do Rio Grande do Norte (UERN).

 Alexandre Vieira é contrabaixista, cantor, compositor e arranjador. Licenciado em Música e mestre em Performance pela UFBA. Atua profissionalmente há 19 anos. Já colaborou com o trabalho de inúmeros artistas do cenário local, nacional e internacional, dentre eles: Mariene de Castro, Jorge Vercilo, Saulo Fernandes, Roberto Mendes, Mateus Aleluia, Orquestra Sinfônica Popular de Camaçari, Graham Haynes, Projeto TRIBASS, Luciano Calazans, Gigi Cerqueira, Walter Blanding, Letieres Leite, Lazzo Matumbi, Michaela Harrison entre outros.

Na mídia

.